domingo, 9 de setembro de 2012

A angustia da espera...



 Ela já tinha perdido a conta de quantas vezes havia conferido o celular no decorrer de 1 hora, tudo na esperança de que talvez ele se lembrasse de dar noticias a ela. Milhões de coisas martelavam na sua cabeça, a agonia da espera e ao mesmo tempo da saudade a matava aos poucos, por que eles haviam brigado na véspera daquela viagem? Ela se perguntava, apenas se lembrava de ter sido uma completa idiota com ele, o amava tanto, e agora ficava ali, na espera, agarrada a ultima ponta de esperança de que talvez tudo poderia acabar bem e voltar ao normal. Ligar, isso ela já havia feito, e era isso que mais aumentava sua agonia, ele não queria atendê-la? Será que tinha acontecido algum acidente no caminho para casa? Ou ele simplesmente ainda não havia retornado de sua viagem? Não importava, ela sabia que tinha que esperar, não importava o tempo que levasse, de horas à dias, em algum momento ela teria a resposta das perguntas que fazia. 





3 comentários:

Patriny Marcelle disse...

Que texto lindo, Tay. Sempre pate uma grande angústia depois de uma briga.
Beijos flor

✿Nessa✿ disse...

Oi Tay!

Gostei do texto de hj.
Isso dá uma agonia né, fica esperando resposta no celular!

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/2012/09/novas-parcerias.html

Shizu disse...

gostei do texto, entendo bem D:

http://himi-tsu.blogspot.com.br/