terça-feira, 30 de agosto de 2011

- A Procura

A senhora já bem de idade, ossos fracos, cabelos ralos pintados de loiro... sai pela rua com seu guarda-chuva. Anda, anda, anda, sempre procurando por algo que diz que perdeu. Todo dia... procurar virou rotina. Quando se cansa de andar grita ao vento: 
- Onde está minha juventude?
Mas o vento não responde, e nem precisa, ela sabe que a culpa é do tempo que passou correndo e ela nem percebeu, e mesmo assim continua sua procura. Anda, anda, anda, sem perder a esperança que um dia  possa reencontrar a sua tão amada juventude.



P.S. Hey jujubinhas como estão? Sei que o texto não ficou grande coisa, mas a inspiração veio durante a pacata aula de literatura, achei ele diferente dos estilos de texto que costumo escrever, então resolvi postar. O que acharam?
Beijos ;*

7 comentários:

Érika Santos ♥ disse...

que saudade daqui...
a tempos naum vinha visitar-te minha lindeza..
o texto simples e perfeito viu..

bjos meus.. Deus te cuide

Rafaela Cabral . disse...

ficou lindo o post! adorei.
um beijo.

♥ Nessa ♥ disse...

Olá!!
Muito bom o texto!!bjinhs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

Leidiane disse...

Não sei porque, mas tenho a impressão de que a alguns dias vou estar procurando pela minha juventude..
Ficou bom!
Bjos ;*

Ny disse...

eu tenho medo de envelhecer T.T seilá, parece as vezes que o tempo vai sair por ai correndo e eu vo perder grande parte das melhores coisas da vida, da um frio na barriga...

Patriny Marcelle disse...

Apesar de pequeno ficou lindo.
Beijos

deia.s disse...

Diferente mesmo, mas foi bem escrito e é verdadeira a procura.

Beijo tay, boa noite. :D

http://amar-go.blogspot.com/