sábado, 3 de setembro de 2011

Do que deixou saudades...

 De vez em quando ainda sinto o cheiro de terra molhada que permaneceu na minha memória, os banhos de rio e todas aquelas canções que tanto demoraram para serem aprendidas. Olho para o céu e me lembro o dia que aprendi a reconhecer o cruzeiro do Sul, a dar nós e armar barracas. Os sábados de tarde nunca mais foram os mesmos. Escotismo... uma das coisas que mais marcaram a minha vida e deixou saudades, acampar era muito bom. As lições aprendidas nunca serão esquecidas. Ainda guardo recordações dessa época, algo que sempre me lembre do que eu vivi.

"De BP* trago o espírito.
Sempre na mente, no coração,
junto de mim de ele estará..."



O barulho da bola caindo e quicando, giros, saltos, cestas... outra das coisas que me marcou e deixou saudades foi a minha época de seleção de basquete, não joguei em disputas oficiais, mas era divertido acordar cedo e conviver com pessoas que gostavam da mesma coisa que você, nessa época o basquete se tornou quase que minha vida, ainda tenho a Joe (minha bola de basquete) jogada em algum lugar, mucha e esquecida.
E a lembraça mais forte e presente do basquete é o meu joelho machucado, um dos fatores que me fizeram parar de frequentar a seleção de basquete. 
E não foi só o fato de fazer basquete que marcou meu 8º e 9º  ano, pois creio que foram os melhores anos da minha vida no colégio, aquela época que vai deixar saudades e me faz perceber o tanto que o tempo passou. Aprendi grandes lições no basquete também.


Ultimamente me peguei a pensar sobre os melhores anos da minha vida e conclui que foram os do escotismo (entre 8 e 9 anos) e a seleção de basquete (13 e 14 anos). Foram aqueles anos que sempre que você pensa no passado eles vem na sua cabeça, nitidos, como se fossem ontem. Acho que de uns tempos para cá comecei a perceber que cresci e amadureci, e foram esses fatores que me levaram a refletir sobre a vida e a perceber que o tempo passa rápido demais, e se você não viver a vida todos os dias como se fossem o último, um dia você irá se arrepender das coisas que não fez... e só cheguei a essa conclusão na prática... ao perceber que nunca fiz tudo que queria fazer, e que tenho que correr atrás agora, para fazer enquanto ainda estou viva, pois nunca se sabe o dia de amanhã. 




P.S. Hey jujubas, desculpa o post, mas deu uma vontade meio que louca de postar sobre isso. Estava refletindo muito sobre a vida, minha vida, ultimamente e se eu não postasse acabaria ficando louca kkk'
Espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre mim -qq
E afinal de contas, é isso o que levo da vida xD
*BP = Baden Powell, fundador do escotismo. 
 Beijos ;*
 




3 comentários:

Marina Oliveira disse...

Que bacana, você era escoteira... Acho super legal *-*
Sempre paro e fico pensando como era antigamente... Sinto muita falta também :)
Beeeijos

Marina Oliveira
http://distribuindosonhos.blogspot.com

♥ Nessa ♥ disse...

Olá!!
Adorei te conhecer mais um pouquinho!!
Eu adoro pensar na minha infância, no que passou, mas as vezes me deparo com coisas que poderia ter feito e não fiz!! bjs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

Bianca gs. disse...

as vezes eh inevitavel mesmo se perder nas lembranças!
desculpe por estar sumida...
beijinhos fofa! :)