quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Nem tudo é para sempre (parte XXII- final)

- Capítulo anterior: parte XXI

Os anos haviam se passado, mas a dor da perda ainda continuava com ele, como fantasmas que podiam assombrar as pessoas depois de mortas, mas não existiam fantasmas, e sim memórias. Dereck havia percebido com o passar o tempo que realmente amava Dill. Os 3 anos na cadeia o fez perceber isso, havia sido condenado por matá-la, e realmente ele era o culpado, se não tivesse a enganado, se não tivesse a traído, de repente ainda poderiam estar juntos. Lisy havia ficado do seu lado, mas não era a mesma coisa, ela não era Dill, e nunca chegaria perto de ser. O ódio podia matar, e isso ele tinha sentido na pratica, aquele ultimo suspiro dela o perseguia até mesmo em sonhos, nas coisas que ela gostava de fazer, tudo lembrava ela. Perder uma pessoa, por mais doloroso que seja, não chega perto de perder a pessoa que se ama, ainda mais quando se descobre que a amava depois que ela morreu. Mas é a vida, as coisas acontecem de um modo que não se podem explicar, elas simplesmente acontecem porque tem que acontecer. No final, nem tudo é para sempre. 


P.S. Hey peoples, consegui postar a fic antes do ano novo \õ/ bem, não sei se o final ficou bom, minha mãe não gosto, ela disse que eu nao precisava ter matado a Dill ú.u ai eu falei que a história era minha, ela falou que a leitora era ela e eu escrevia pros leitores O.O foi uma discursão longa rsrs'
Montei a arvóre de Natal ontem, até que fim D:

Beijo a todos =*

9 comentários:

Jυℓyαnα ツ disse...

Pois eu gostei do final.
Fiquei feliz pela Dill não o haver matado, embora para isso ela que tenha tido de morrer :S
Li toda a fic ao passo em que você a postava e posso dizer que estava muito bem escrita e dividida.
Eu gostei mesmo.
Você tem talento, menina ;)
Parabéns!!!



;*

Jeniffer Yara disse...

HUASHUAS Discussão com mãe é ruím né?Mas acho que ela têm razão viu? rs Pena que não pude ler a fic,quando tiver mais tempo,eu quero sim ler ela *.*

Beijos

Letícia Monteiro disse...

Sua mãe cortando suas forças ¬¬' kkkkkkkkkkkkkkkkk. Gostei muito da fic. Fala afinal, uma coisa verdadeira : no final nem tudo é pra sempre.


Beeijos amei e vosê sabe disso s2'

Leidiane disse...

Eu gostei do final, eu acho q ele pagou um preço bem alto por tudo o q fez a Dill.
Bjos ;*

Babih Xavier disse...

Eu gostei do final
é um draminha neh, deixa o cara com sentimento de culpa e tals
gostei demais auahauhau

Todo mundo me diz disse...

você me fez chorar sabia. nossa que final mais trágico, a história é sua e tal, beleza. mas eu fiquei triste por ela ter morrido =( me fez lembrar do último episódio de Harper's Island - O mistério da ilha, quando o irmão maluco da personagem morre, recomendo assistir, é assustador mas muito bom!

Carolina Hermanas disse...

HAUAHAUAHAUAHUA, adorei o seu ps.AHAHAHHAH. uma vez escrevi uma história aonde eu matava toodo mundo.Minha mãe disse que estava dramático, e eu disse que tinha que ser assim *O*
-
Anyway.Ficou DEEEMAIS o final da fic.Eu aaaaaamei *_______* .
Ansiosa para outra história sua.Tu és criativa :)

beeijão :)

Drizana Ribeiro disse...

Amei esse final ! Espetaculaaarrr !!!
Estou sem palavras !
Mereçe virar um livro !
bjs, uma ótima semana !
Dri !

Tania T. disse...

Por que as pessoas só percebem que amam quando já é tarde demais? Quando mais nada pode ser feito? Só depois que perde?

Achei triste essa história.. muito bonita, legal, gostei de ler!! Mas triste...

Sabe, realmente nada é para sempre... Mas acho que algumas coisas vão além da vida, como o amor por exemplo.

Enfim... gostei da fic!!! Muito, muito boa!! =D

bjoo