sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Nem tudo é para sempre (parte XIX)

- Capítulo anterior: parte XVIII

12:50h
            Ela não sabia como as coisas tinham chegado nesse ponto, como tinha sido tão burra em acreditar em todas as juras de amor eterno que Dereck lhe fez. Entrou em um restaurante e serviu-se de algumas coisas que havia lá, tentava não pensar no que havia acontecido mais cedo, mas era impossível, não sabia o que fazer, mas tinha certeza que acharia uma saída viável.
14:00h
            Podia ser cedo, mas ela realmente precisava de um porre, não que isso fosse mudar algo, mas ela precisava descontar sua raiva em alguma coisa, e por que não bebendo? Entrou no primeiro bar que encontrou pela frente, talvez não fosse uma boa ideia, mas ela não tinha mais nenhuma ideia sobre o que fazer naquele momento.
15:00h
            Aquele deveria ser o 10º ou o 13º copo de vodka que ela bebia, já estava se sentindo meio tonta, mas um profundo sentimento de vingança ainda prevalecia dentro dela. Um rapaz se sentou ao lado dela, pediu uma bebida qualquer e ficou olhando para ela.
- O que foi? Perdeu alguma coisa? – ela perguntou irritada.
- Nossa irritadinha você não?
- Tenho meus motivos – disse enquanto bebia outro gole de vodka.
- Nessas horas da tarde, uma moça de tão boa aparência já esta bêbada? – ele perguntou enquanto conferia o relógio.
- E o que você tem haver com isso?
- Só estou tentando ser amigável.
- Não tente – eles se encararam por algum tempo, logo ela desviou o olhar.
- Meu nome é James, qual o seu?
- Do que te interessa? – ela suspirou quando percebeu que ele não ia desistir tão fácil de tentar ter uma conversa amigável – Dill.
16:30h
            Fazia algumas horas que ela já havia perdido a noção do quanto tinha bebido, estava agora conversando com seu novo amigo, James, ele estava sendo muito legal com ela, e logo estava sabendo de toda a confusão que a rondava.
- Se você realmente quer se vingar, por que não o mata?
- Matar? – a ideia tinha rodado pela cabeça dela, nunca tinha se imaginado uma assassina, não era agora que isso iria mudar – Acho que não é para tanto.
- Mas se você quer que ele pague por tudo que você passou... não acho que seja uma má ideia.
- E onde eu arranjaria uma arma? – James sorriu quando ela perguntou isso, fazendo-a se arrepiar.
- Se você realmente quiser, eu arranjo uma para você.
            Talvez o álcool já estivesse fazendo efeito, ou ela tinha ouvido mesmo o que ele lhe falou?  Matar Dereck não era a saída que ela procurava, ainda o amava, apesar de tudo, lembrou das coisas que Lisy havia lhe falado mais cedo, talvez, realmente, não seria uma má ideia, mas não iria matá-lo, iria apenas lhe passar um susto.
- Pode ser – ela deu um sorriso torto para James.

P.S. Hey apples, como vocês estão? Já entraram de férias? *-*
 

Beijo a todos =*

5 comentários:

Maggs disse...

oh, muito obrigada :)

Maggs disse...

mesmo? $:

Ariane s.s disse...

Ohh ! Amei ;
Beijos & volte sempre querida ^^

Buba. disse...

Gostei! Na verdade, gosto sempre da maioria das coisas aqui. haha Parabéns!

Maggs disse...

oh muito obrigada, a sério $: