terça-feira, 1 de dezembro de 2009

1. Uma conversa

Gente, hoje é dia de texto fictício, resumindo, minha primeira história (Grande) em muito tempo, dêem desconto porque ela ficou um lixo e eu ainda sou iniciante.

Ela estava parada no ponto de ônibus, sozinha, perdida em pensamentos, quando alguém a chamou:
- Ei - ela se deparou um jovem alto, sorrindo para ela - Você sabe aonde eu poderia comprar uma passagem de ônibus?
- Eerr, naquela lojinha ali - ela apontou na direção de uma pequena loja de antiquários do outro lado da rua.
Depois de alguns minutos, o jovem voltou e parou novamente ao seu lado, observou os livros que ela tinha em mãos:
- Você cursa psicologia? - ela olhou na direção de seus livros e procurou algum vestigio dos dele, mas não conseguio, ele estava de mochila.
- Sim, Primeiro período de Psicologia. E você?
- Segundo período de Engenharia civil - ele disse sorrindo.
- Legal....eu acho - ela respondeu meio sem graça.
Ficaram em silêncio por um longo tempo, observando os ônibus que passavam. Ele se virou pro rumo aonde estava a garota:
- Qual...- A garota não estava mais lá, tinha sumido no meio da multidão que entrava em um ônibus logo à frente.
Dentro do ônibus, a única coisa que ela conseguia pensar era no misterioso rapaz e se o veria novamente.
No dia seguinte, ela estava no ponto de ônibus no mesmo horário do dia anterior, mas ele não apareceu, ficou sumido a semana inteira.
Na segunda-feira da semana seguinte, Rose, sua amiga lhe fez uma proposta:
- Biah, está tendo um Congresso no prédio de Engenharia Civil, que tal darmos uma voltinha por lá?- ela sorriu.
- Claro! - Não iria recusar, queria ver o rapaz novamente.

                                                 (Continua na quinta-feira)



P.S. tá tosco, mas para primeira história, com vários capítulos, dá um desconto.

Beijo a todos ;*

20 comentários:

disse...

eu adorei!

isabella M. disse...

woow,continua ! *-* adoro a musica que toca quando abre teu blog :)

~*rafasonehara disse...

não esta nada tosco não!!
quero a continuação logooo \o/
Beijooos Tay

Tania Girl disse...

É um bom começo, com certeza!
E não está nem um pouquinho tosco, pelo contrário...
to curiosa pra saber o restante...
bju

anicka. disse...

adorei aqui :D seguindo tb *-*

Lorrαne રodrιguez disse...

Nossa flor, você escreve muito bem, parabéns! adorei o seu cantinho aqui, to seguindo ;*

www.lorranespace.blogspot.com

♥ мєℓissє abяantes disse...

ahh que isso flor!
Fikou massa...
estou curiosa para saber o que vai acontecer :D
bju

SarahC. disse...

eu fiquei super curiosa :s
assim não vale, rs

bj

Caliginoso disse...

ler ao som de vento no litoral...perfecto!

passa lá!
www.califasia.blogspot.com

Jαmılle ㅤ disse...

Ahh flor, obrigada mesmo! Sou iniciante ainda..rs
Seu blog também está muito lindo, adorei! Beijos..

lorenarey *-* disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAH *-* eu amei.

continua , por favor.
Eu realmente adorei sua história.

patyemo disse...

Ai nossa ficou tãããão misterioso que me deixou morrendo de vontade de ler o resto.
Eu aposto que ele é super fofo.
Bjuxxx posta logo ;)

Rafaela Figueiredo disse...

Tay,
vc tem a essência da história.
ela é um dos degraus q conduzem os bons escritores aos recursos estilísticos; elementos textuais etc.

continue!
gostei da sua história! tem aquele 'quê' instigante!
aguardo as subsequentes...

beijos
e, mais uma vez, grata pela visita o/

renata carneiro disse...

nenhuma ideia merece ser descartada. continue na prática!

um beijo.

Patriny Marcelle disse...

Estou curiosa para ler o resto.
bjokinhas

Lunna disse...

Ah,nao tah ruim nao.. bom, eu nao achei...muito pelo contrário.. ADOREI!!
...e já to curiosa pra continuação dela.. hihihi

;*

Buba. disse...

Continua! Quero ver o destino deles dois se cruzando novamente. HAHA :)

***MissUniversoPróprio*** disse...

Ouxe, e quem disse que você não escreve bem? Eu gosto! ;)

Beijocas e obrigada pelo carinho lá no blog!

Felicidade Clandestina. disse...

prendeu suuper a minha atenção!
Aguardando continuações dessas maravilhas que fazes o/

bj

Pâmela Marques disse...

Contos sempre mexem com a nossa mente. Dá vontade de saber o que vem por aí. Aguardo.