segunda-feira, 10 de junho de 2013

"Só não deixe a maré te levar..."


 A pergunta que mais foi feita para mim esse mês foi: - Você está bem? 
e a resposta: - Estou bem...
Pois é, esse mês esse diálogo bateu recorde, por que as pessoas teimam em cutucar feridas? Por que elas gostam tanto de se meter na vida alheia? Não adianta, perguntar e olhar com cara de dó não mudará nada, muito menos o que eu estou sentindo. Alguém que você ama virar na sua cara, dois dias depois de completar um ano de namoro, pedindo tempo porque acha que está gostando de outra pessoa, machuca, claro, mas você virar um relógio ambulante e dar esse tempo não mesmo, não comigo, não sou relógio... terminei e fim...
Agora, sério, a próxima pessoa que perguntar se eu estou bem, sinceramente? Está na hora de aprender a voar, talvez assim, aprenda que se meter na vida alheia não é uma coisa muito legal. 
Ok, acho que é revolta demais para pessoa de menos, a verdade? Estou levando, talvez isso seja um meio termo, não posso dizer que estou bem, muito menos que estou mal, porque sinceramente, ficar mal por causa disso, chorando pelos cantos, eu não vou (mentira, chorei sim, mas foi só um dia rsrs'). Estou tentando ser forte, e nisso descobri o tanto que sou frágil e fácil de quebrar. Como pude conseguir ficar tão dependente de alguém? Isso seria possível? Amar.. uma palavra, milhões de sentimentos, e agora: um coração meio quebrado, meio aos pedaços, meio assim sabe...
Não consiguia admitir minhas fraquezas, acho que por medo, e esse medo ser uma delas, por que tento ser forte? Porque além disso tudo ainda tem muitas pessoas com as quais me preocupo e preciso ser forte para elas, e tentar ser forte está me tornando uma pessoa meio fria, meio nada haver... essa situação toda está me mudando, e não estou gostando dessas mudanças, mas é a mesma coisa que nadar contra a maré, uma hora ela vence... uma hora canso de ser forte e deixo ela me levar... para onde? Isso eu não sei, mas vou levando, como sempre levei, a cada tombo, um novo começo. 



n/b: Sempre levei e sempre desabafei por aqui kkkk



7 comentários:

✿Nessa✿ disse...

Oi Tay!

Minha amiga, passei por algo parecido a pouco tempo e te digo uma coisa, essas situações mudam a gente.
Temos que aprender a ser forte nos momentos mais difíceis, no momento que estamos mais frágeis e isso não é fácil.
Mas a vida taí para ser vivida, bola pra frente.

Beijinhos*

Olive disse...

nossa Tay, nem sabia que tinha acontecido isso, nem vou perguntar se tu ta bem...mas espero que tudo fique certo e que você se desapegue, ficar dependente de uma pessoa é horrível mesmo.

Emilie S. disse...

às vezes enche o saco esse negócio de perguntar se a gente está bem. só precisamos mesmo é esquecer, e essa pergunta só faz com que a ferida não cicatrize.

»»» Emilie Escreve

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Você está bem? kkkkkkkk

Brincadeira. =D

Tay, fica tranquila. Você é uma pessoa maravilhosa. Absorva as mudanças que a vida oferece e veja o que é saudável a você ou não. Mudar nem é de todo ruim. Às vezes pra melhor. O importante é seguir leve, bem consigo mesmo. É o que importa.

Grande beijo!

Drizana Ribeiro disse...

Querida, Tay
"Não se entregue e não deixe a maré de te levar" Você é demais, e merece o melhor, essas situações são difíceis, só você sabe o que está sentindo e pra nós que somos poetas, a dor é ainda maior porque sentimos tudo muito intensamente. Mas eu te desejo paz, superação, esperança e muito amor. Amor bom e verdadeiro do jeito que você sempre quis e merece. E calma, paz interior e sabedoria para superar tudo isso de cabeça erguida!Não tenha vergonha de chorar, gritar, desabafar, sentir porque essa é a prova de que você é real. Assim como seu coração. Força. E não deixe a maré te levar.
Beijos, Drii

✿Nessa✿ disse...

Oi Tay!

Minha cartinha já chegou aí??

Bj*

Patriny Marcelle disse...

É Tay, a vida é assim mesmo. Também passei por momentos complicados desde o início do ano e foi até por isso que desativei o I Simply. Um namoro de 1 ano e 8 meses foi pro ralo e me vi no fundo no poço. Sofri muito, mas estou conseguindo dar a volta por cima. Hoje estou namorando outra pessoa e sei que estou bem madura para enfrentar outro relacionamento. Só não fique triste. Isso mesmo, seja forte. Porque na realidade, homens não valem nada. kkkkk. Temos que aprender a sermos felizes por nós mesmas.
Bom, queria avisar que depois de tanto tempo com o meu blog desativado eu voltei a postar e visitar todos os blogs. Beijooos. http://bloguinhodaspatricinhas.blogspot.com.br/