quinta-feira, 29 de setembro de 2011

- Da tristeza que me domina

  "Tua tristeza é tão exata
E hoje o dia é tão bonito..."

Sinto a felicidade escapar por entre os meus dedos, é como se eu tivesse andando em um longo corredor iluminado e de repente todas as luzes se apagassem, ou quem sabe, nadando contra a corrente com um peso enorme sempre me puxando para baixo, uma hora a gente cansa de nadar e se deixa afundar pelo peso. No momento estou afudando rapidamente ou correndo pelo longo corredor escuro, mas em nenhum dos dois eu acho uma saída, um modo de subir... Mas eu sei o que é isso, é a tristeza tomando conta de mim, são as lágrimas que voltam a cair, também sei que isso é passageiro, sempre é... o grande problema é quanto tempo vai durar, ou quanto tempo vai demorar passar...




P.S. Hey apples, estou sem animo para postar algo decente, sei lá, essas crises de tristeza repentina me deixam muito para baixo, motivos para ficar assim eu tenho de sobra... mas melhor deixá-los queto. 
Beijos ;*

8 comentários:

deia.s disse...

No meu blog acabei fazendo a mesma coisa, saltei um desabafo de dor e foi ele mesmo que postei.
Ando assim, como seu texto diz, afundando, lutando pra chegar a praia, e só.

Que sua sexta-feira seja de sorrisos, tatay. :)

kiss sweet.

http://amar-go.blogspot.com/

Luana Natália disse...

O tempo que durará tudo isso sempre vai depender de você. Lembre-se que existe um sol lindo lá fora.

• Fяαη¢єℓℓє Mσяgαη • disse...

Ówn,liindo texto amore! Me sinto assim muitas vezes,como se estivesse lutando contra as tristezas...mas acho que vc está certa em desabafar no blog,afinal seu blog é o seu 'diário' tbm né?! \Õ/
E não se preocupe,todo mundo tem essas crises de tristeza...mas por mais que demore,uma hora passa,com certeza!!

Beeijos!
http://backstreetmorgan.blogspot.com

Iasmin Cruz disse...

Oi boa noite.
Vim lhe fazer uma visita e fazer um convite:
http://iasmincruz.blogspot.com/2011/09/perguntem.html

Tânia T. disse...

Acredite, motivos vão aparecer... nem só de vitórias se faz um vencedor e é nos momentos dificeis que somos moldados, lapidados.

Espero que isso passe logo.. e que um novo amanhã nasce pra você!

bjoo

Alexandre Fernandes disse...

É passageiro sim, mas para que realmente seja, você não pode se deixar afundar. Pelo contrário, é preciso persistir e nadar contra este peso que te empurra para o fundo.

O tempo que vai durar depende de ti. Quanto mais acreditar que pude superar e mais força impõe no nadar, mais cedo se reerguerá.

Beijos!

ps: obrigado pela presença no meu blog querida. Seu carinho é muito importante.

✿ Nessinha✿ disse...

Olá!!
É muito bom escrever sobre nossos sentimentos!Por isso tenho diarios e meu blog é meu diario onde posso falar aos meus amigos como estou!
Adoro visitar o seu blog!!
bjinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

Patriny Marcelle disse...

Eu sei bem como se senti. Isso acontece muito comigo. Mas logo logo passa, não fica assim não flor.
Beijos
Dá uma passadinha no meu blog. www.bloguinhodaspatricinhas.blogspot.com